Como resolver manchas após a aplicação de varizes

Quando um tratamento para vasinhos ou varizes é iniciado é muito comum surgirem dúvidas diversas, principalmente quanto à efeitos colaterais. Uma dessas dúvidas diz respeito às chances de aparecerem manchas após a aplicação de varizes.

E a resposta é sim, é comum o aparecimento de manchas após um procedimento de escleroterapia. Segundo pesquisas da National Center for Biotechnology Information (NCBI), há 30% de chance do surgimento de manchas após o tratamento de varizes pela escleroterapia, mesmo que tudo seja feito de forma adequada.

Ou seja, uma a cada três pessoas nota o aparecimento de manchas escurecidas. Isso não quer dizer que elas não podem ser tratadas ou que se tornem permanentes. Muito pelo contrário, bastam alguns poucos cuidados para que essas manchas melhorem gradativamente.

Ainda, segundo estudos da NCBI, as manchas após aplicação de varizes somem com o passar do tempo sem a necessidade de tratamentos dermatológicos. Até 80% das manchas mais difíceis somem em um período de 3 a 12 meses.

O mais importante é que você saiba que o tratamento para vasinhos e varizes é altamente eficaz e a única forma de evitar manchas, mesmo que temporariamente, é não fazendo o tratamento e essa realmente não é uma opção, certo?

Neste artigo, iremos explicar tudo o que você precisa saber sobre possíveis manchas após aplicação de varizes e com certeza você ficará bem mais tranquila depois de lê-lo.

Então é comum surgirem manchas após aplicação de varizes?

Sim, como dissemos anteriormente, é muito comum surgirem manchas após o tratamento das varizes pela escleroterapia. Na maioria dos casos, elas somem com o passar do tempo, sem a necessidade de tratamentos adicionais.

No entanto, existem alguns casos onde as manchas são sinal de que algo mais importante possa estar acontecendo. Nesses casos, é fundamental buscar ajuda médica para solucioná-las.

Por isso, o ideal é que ao notar manchas após aplicação de varizes, você converse com o seu cirurgião vascular para saber se elas são normais ou se você precisa buscar algum tipo de tratamento.

O que causa manchas após aplicação de varizes?

Existem duas possíveis causas para o aparecimento de manchas após o tratamento de varizes pela escleroterapia.

A primeira é a hiperpigmentação pós-inflamatória que ocorre pelo excesso de produção de melanina, em resposta ao procedimento. É importante ressaltar, entretanto, que qualquer tipo de interferência na pele como contusões e inchaços também podem ocasionar manchas.

Além disso, a exposição solar e o uso de alguns tipos de antibióticos podem agravar as manchas na pele.

A segunda e principal causa é o depósito dérmico de hemossiderina ou degradação da hemoglobina. Isso acontece quando o sangue coagula após o procedimento e acaba preso dentro do vasinho tratado. Como o vaso foi eliminado, o pigmento se deposita na derme, dando aquela aparência de mancha escurecida.

Existem alguns fatores que aumentam a chance das manchas após aplicação de varizes. A probabilidade do surgimento de manchas ganha ênfase com quadros de hipertensão, variações importantes nos níveis de ferritina, cor da pele e com a escolha da substância que será usada na escleroterapia. Por isso, tenha muita atenção ao escolher um profissional que seja especializado em cirurgia vascular.

Há como evitar manchas após aplicação de varizes?

Até o momento não há como evitar manchas após aplicação de varizes. No entanto, as possibilidades de aparecimento podem ser minimizadas ao serem adotados alguns cuidados básicos. A escolha de um angiologista ou cirurgião vascular habilitado é o primeiro deles.

O profissional habilitado sabe exatamente qual substância usar, sua quantidade e a pressão na injeção. Além disso, segundo estudos publicados pelo Journal of Vascular Surgery, se o sangue coagulado for retirado em até três semanas após o procedimento, as manchas escuras podem diminuir de forma significativa.

Meias elásticas de 20-30 mmHg usadas durantes as três semanas seguintes ao procedimento também reduzem as chances de aparecimento de manchas.

Como resolver manchas após a aplicação de varizes

Como resolver manchas após aplicação de varizes

A maioria das manchas após aplicação de varizes tende a desaparecer com o passar do tempo. No entanto, alguns cuidados básicos e alguns tratamentos dermatológicos podem acelerar o desaparecimento.

É muito importante tomar cuidado com a exposição solar enquanto estiver com as manchas na pele, pois o sol pode fixá-las em definitivo. Por isso, use filtro solar com fator de proteção alto para bloquear o efeito do sol. Mesmo assim, evite o sol sempre que puder, enquanto estiver com a pele manchada.

Quando as manchas derivam da hiperpigmentação pós inflamatória, o uso de cremes clareadores a base de hidroquinona, acido retinoico, acido tioglicoico e corticoides.

Quando as manchas são formadas pelo pigmento contido no sangue, além das soluções acima, podem ser necessários procedimentos como laser e luz intensa pulsada. Para resultados mais acertados é sempre fundamental a atuação conjunta do cirurgião vascular e do dermatologista.

Opte sempre pelo profissional correto!

Como resolver manchas após a aplicação de varizes

Para finalizar, nunca esqueça que todo tratamento para varizes deve ser realizado por um médico angiologista e cirurgião vascular. Definitivamente o uso inadequado de determinadas substâncias, bem como a falta de conhecimento, podem aumentar consideravelmente as chances de manchas aparecerem.

Isso sem falar de outras complicações que podem ocorrer na ausência de um profissional habilitado. Por isso, certifique-se que o profissional é especializado antes de começar qualquer tratamento.

Além disso, um especialista saberá indicar a melhor solução caso seja necessário tratar as manchas após aplicação, além de decidir se você precisa de um tratamento com laser transdérmico, escleroterapia liquida ou espuma. 

Não descuide jamais de suas varizes por medo de ficar com a pele manchada. Varizes não tratadas podem desencadear problemas mais sérios e muito mais difíceis de serem tratados.

Na dúvida, agende uma avaliação com os especialistas da Vessel Medicina Vascular!

 

Escrito por Dra. Fernanda Reis Gomes,

Formada em Medicina pela Universidade Positivo, é especialista em cirurgia geral, cirurgia vascular, com atuação também em doppler vascular e fleboestética.