fbpx
Microcirurgia de Varizes

Microcirurgia de Varizes: O que é, Indicações, Recuperação

As varizes são veias dilatadas e tortuosas que vão muito além do desconforto estético. Quando não tratadas, elas prejudicam o funcionamento da corrente sanguínea e podem evoluir para quadros mais graves como a trombose.

Dessa forma, é fundamental que elas sejam tratadas assim que forem identificadas. Assim, o seu calibre não evolui e não aumenta a gravidade da condição.

O médico responsável pelo tratamento das varizes é o Angiologista ou Cirurgião Vascular. Somente este especialista é capaz de realizar um diagnóstico preciso e indicar o melhor tratamento para o quadro do paciente.

Cada tratamento é individualizado e indicado de acordo com o calibre, a quantidade de varizes e a sua localização. Algumas veias podem ser tratadas com procedimentos minimamente invasivos, como a microcirurgia de varizes.

Por mais que as varizes sejam quase imperceptíveis e não causem desconforto, elas precisam ser tratadas o quanto antes. Neste artigo falaremos sobre a microcirurgia de varizes, suas principais indicações e como é o pós-operatório.

O que é a microcirurgia de varizes?

A microcirurgia de varizes, também chamada de flebectomia ambulatorial, é um procedimento rápido realizado no próprio consultório do  Cirurgião Vascular ou no centro cirúrgico. Neste tipo de cirurgia, o médico utiliza anestesia local ou anestesia raquidiana e em torno de 30  a 60 minutos o paciente é liberado para casa, sem necessidade de internação.

Durante o procedimento, o Cirurgião Vascular realiza micro incisões na pele do paciente e com o auxílio de microganchos, remove os vasos que estão provocando as varizes mais superficiais. Não há a necessidade de pontos pois o próprio organismo regenera a pele naturalmente.

O fato de os vasos serem retirados durante a microcirurgia de varizes não traz nenhum prejuízo à circulação sanguínea, pois os vasos saudáveis funcionam normalmente.

Principais indicações da microcirurgia de varizes

A microcirurgia de varizes é um procedimento recomendado para tratar as veias varicosas superficiais ou as reticulares. É muito comum o aparecimento destas microvarizes na parte posterior do joelho e na lateral das coxas e pernas.

O procedimento também pode ser utilizado para tratar alguns tipos de veias mais calibrosas, desde que combinado a outro procedimento indicado pelo Cirurgião Vascular.

Como é a recuperação da microcirurgia de varizes?

A microcirurgia de varizes é um procedimento relativamente simples, onde o paciente pode voltar para casa no mesmo dia. No entanto, o médico recomendará repouso de 3 a 4 dias para que os cortes cicatrizem corretamente.

Também é recomendado esperar de 7 a 15 dias para retornar à prática de exercícios físicos. A exposição solar deve ser evitada até que os hematomas desapareçam completamente para evitar que a região fique manchada.

Em alguns casos, o Cirurgião Vascular indicará o uso de meias compressivas ou ataduras após o procedimento.

A microcirurgia de varizes não combate a causa do problema. Por isso, para que as microvarizes não voltem a aparecer, é necessário adotar hábitos saudáveis, com uma alimentação balanceada e a prática frequente de atividades físicas.

Tratar as microvarizes é fundamental para que elas não evoluam para veias varicosas com maior calibre, com piora do quadro clínico. As complicações devido ao não tratamento das varizes de menores calibres pode levar, a longo prazo, a quadros de insuficiência venosa crônica avançada, com edema de difícil controle, tromboflebites e úlceras.

A microcirurgia de varizes pode ser substituída por outro procedimento?

Essa pergunta só pode ser respondida pelo Cirurgião Vascular após ele realizar uma avaliação minuciosa. No entanto, o laser transdérmico é um procedimento muito indicado para o tratamento das microvarizes, trazendo resultados satisfatórios e com menos desconforto para os pacientes.

O procedimento com o laser transdérmico é feito no consultório, não precisa de anestesia nem repouso e o método pode ser empregado em conjunto com outros procedimentos, como a escleroterapia.
O laser transdérmico também é recomendado para o tratamento de vasinhos e veias na face. Novamente, é importante ressaltar que somente o Cirurgião Vascular pode identificar as características de cada caso para escolher a melhor opção de tratamento.

Entre em contato conosco para saber mais sobre este procedimento. Agende uma consulta agora mesmo!

Escrito por Dr. Bruno Ribas
Formado em Medicina pela Universidade Federal do Paraná, é especialista em cirurgia geral, cirurgia vascular, cirurgia endovascular e angiorradiologia e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.
Conheça os prós e contras do laser transdérmico para varizes

Laser transdérmico para varizes: conheça os prós e contras

As varizes são um problema muito comum em toda a população. Graças aos avanços da tecnologia e das técnicas medicinais, hoje o tratamento é menos invasivo e com uma recuperação muito mais rápida.

No entanto, ainda é comum muitos pacientes terem dúvidas quanto ao melhor tipo de tratamento para cada situação. Por isso, recomendamos sempre consultar com um médico especialista no assunto, ou seja, um angiologista ou cirurgião vascular.
Neste artigo, falaremos sobre os prós e contras do laser transdérmico para as varizes. Este é um método moderno e prático para quem quer tratar as varizes com segurança. Além disso, o laser transdérmico é uma alternativa não cirúrgica para eliminar as veias telangiectasias e varizes de pequeno calibre.
Ele atua promovendo uma reação térmica, responsável por aquecer as varizes e causar uma reação inflamatória. Dessa forma, o vaso doente acaba por ser eliminado.
Read More
Varizes Pélvicas: Principais Causas, Sintomas e Tratamentos

Varizes Pélvicas: Principais Causas, Sintomas e Tratamentos

As varizes são um problema bem conhecido de grande parte das pessoas, no entanto, muitos ainda desconhecem as varizes pélvicas. Essa condição pode afetar até 30% das mulheres, mas muitas ainda não têm conhecimento da doença.
Isso acontece porque as pacientes desconhecem os sintomas e acreditam ser normal o desconforto na região da pelve. Além disso, como os sintomas das varizes pélvicas são muito parecidos com os de gastrite, cólica e endometriose, muitas vezes o diagnóstico é dificultado.
As varizes pélvicas são veias dilatadas que surgem principalmente ao redor do útero, das trompas e dos ovários. Elas não costumam ser perigosas, mas existe um risco pequeno de formação de coágulo no interior das veias. Caso isso aconteça, eles podem ser levados até o pulmão e causar uma embolia pulmonar.
Por isso, neste artigo falaremos mais sobre as varizes pélvicas, seus sintomas e tratamento.

Read More
Tratamento para Varizes em Curitiba

Tratamento para Varizes em Curitiba

As varizes são um problema muito comum e vão muito além da questão estética. Elas causam dor, desconforto e podem evoluir para quadros mais graves como ulcerações, sangramentos e trombose venosa profunda.
Por isso, é muito importante estar atento aos primeiros sintomas e buscar ajuda especializada, evitando assim complicações mais sérias.
O tratamento para varizes é individualizado e requer uma consulta com um angiologista ou cirurgião vascular. Dessa forma, ele pode envolver medidas de autocuidado e procedimentos para fechamento ou remoção das veias doentes.
Procurando tratamento para varizes em Curitiba? A Vessel Medicina Vascular tem uma equipe especializada esperando para atender você com medidas intensificadas!
Read More
Escleroterapia: Quando fazer aplicação de glicose, espuma ou laser transdérmico?

Escleroterapia: Quando fazer aplicação de glicose, espuma ou laser transdérmico?

As varizes e os vasinhos são um problema muito comum, atingindo cerca de 37% da população brasileira. No entanto, longe de ser apenas um problema estético, eles precisam ser tratados para não evoluírem para quadros mais graves ou aumentarem as chances de desenvolvimento de trombose. Para o tratamento, um dos procedimentos mais recomendados é a escleroterapia, um método moderno e muito eficaz. A seguir, falaremos um pouco mais sobre a escleroterapia, seus métodos e quando cada um deles é indicado.
Read More
Tratamento de Varizes Masculinas

Tratamento de Varizes Masculinas

O novembro azul nos faz refletir sobre algumas doenças silenciosas que só são notadas quando os sintomas já se agravaram bastante levando a complicações mais graves. As varizes são uma delas!
Afinal, homens também têm varizes! Apesar de a doença ser mais comum entre as mulheres, segundo dados da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, 30% dos homens sofrem com as varizes. Mesmo esse percentual sendo menor, os homens não devem descuidar pois as varizes masculinas são mais difíceis de serem identificadas devido aos pelos das pernas e costumam ser mais grossas.
Além disso, um diagnóstico tardio na maioria das vezes leva a complicações mais graves, como úlcera e trombose. Tratamentos menos invasivos também acabam não sendo possíveis em função da maioria das varizes masculinas exigirem tratamento cirúrgico.
Em função disso, preparamos um artigo bem especial sobre esse problema que assim como o câncer de próstata e o câncer de pele, muitas vezes acaba sendo negligenciado pelo sexo masculino, trazendo sérias complicações para a saúde.
Read More
Como resolver manchas após a aplicação de varizes

Como resolver manchas após a aplicação de varizes

Quando um tratamento para vasinhos ou varizes é iniciado é muito comum surgirem dúvidas diversas, principalmente quanto à efeitos colaterais. Uma dessas dúvidas diz respeito às chances de aparecerem manchas após a aplicação de varizes.
E a resposta é sim, é comum o aparecimento de manchas após um procedimento de escleroterapia. Segundo pesquisas da National Center for Biotechnology Information (NCBI), há 30% de chance do surgimento de manchas após o tratamento de varizes pela escleroterapia, mesmo que tudo seja feito de forma adequada.
Ou seja, uma a cada três pessoas nota o aparecimento de manchas escurecidas. Isso não quer dizer que elas não podem ser tratadas ou que se tornem permanentes. Muito pelo contrário, bastam alguns poucos cuidados para que essas manchas melhorem gradativamente.
Ainda, segundo estudos da NCBI, as manchas após aplicação de varizes somem com o passar do tempo sem a necessidade de tratamentos dermatológicos. Até 80% das manchas mais difíceis somem em um período de 3 a 12 meses.
O mais importante é que você saiba que o tratamento para vasinhos e varizes é altamente eficaz e a única forma de evitar manchas, mesmo que temporariamente, é não fazendo o tratamento e essa realmente não é uma opção, certo?
Neste artigo, iremos explicar tudo o que você precisa saber sobre possíveis manchas após aplicação de varizes e com certeza você ficará bem mais tranquila depois de lê-lo.

Então é comum surgirem manchas após aplicação de varizes?

Read More
check-up vascular porque e quando fazer

Check-up Vascular: Por que e quando fazer

Você pode se perguntar porque o check-up vascular é tão importante. Bom, para que possamos levar uma vida saudável e despreocupada precisamos, sem dúvida, adotar alguns bons hábitos de vida. Entre eles estão uma alimentação balanceada, exercícios físicos regulares, noites de sono bem dormidas e também check-ups anuais de saúde. É importante saber que está tudo certo com o nosso organismo.

Isso mesmo, exames de rotina são fundamentais para que patologias possam ser detectadas de forma precoce, aumentando as chances de tratamento e cura. Além disso, existem inúmeras doenças que são assintomáticas e que podem ser detectadas quando você realiza um check-up.

No entanto, um check-up de rotina costuma englobar apenas exames de sangue, urina e fezes e que medem colesterol, triglicerídeos, pressão arterial, entre outros. Mas é muito importante frisar que o sistema vascular também precisa ser monitorado constantemente a fim de detectar doenças vasculares que desenvolvem-se silenciosamente, sem apresentar sintomas e dificultando o diagnóstico.

Read More
Varizes na Gravidez

Infográfico: Varizes na Gravidez

As varizes costumam aparecer com frequência ou se intensificar durante a gravidez. Pois é durante este período que acontecem diversas transformações no corpo feminino para desenvolver o bebê e acabam facilitando o seu surgimento. A quantidade de sangue circulando aumenta, o coração trabalha mais, o útero cresce e comprime as veias do abdômen e região pélvica da mulher, além de aumentar a quantidade de um hormônio que dilata as veias, a progesterona.

A boa notícia é que pode-se prevenir e minimizar o aparecimento das veias doentes, bem como tratá-las após o parto. Por isso, nós da Vessel Medicina Vascular desenvolvemos este infográfico com todas as informações para que você consiga entender o que acontece com o seu corpo durante a gestação que facilita o aparecimento das varizes, bem como os cuidados que você deve ter e as melhores opções de tratamento.

Read More
Agendar Consulta
close slider

    Para sua comodidade, por favor sugira uma data. A equipe da Vessel verificará a disponibilidade de agenda do médico especialista vascular e entrará em contato para definir o melhor horário do atendimento.